❤ Jesus, Maria, eu vos amo. Salvai almas.

❤ Jesus, Maria, eu vos amo. Salvai Almas!

Por 3 x faça o M de Maria na fronte e diga:
Abençoada Virgem Maria, filha de Deus,
Abençoada Virgem Maria, mãe de Jesus,
Abençoada Virgem Maria, esposa do Espírito Santo.
E no final reze um glória. Amém!

Tradução.

30/05/2019

Hoje faço 46 anos.


Quando eu era pequena os meus sonhos eram pensamentos felizes ou perguntas com ou sem respostas.

Após a perda do meu pai, nossa família teve que sobreviver e graças a minha mãe, tudo se acertou. Com muitos problemas, apertos, dores não resolvidas, desatenções, erros diversos meus, prossegui o caminho, numa busca maior pela resolução do meu maior problema: a espiritualidade. Este tomou conta da minha vida por muito tempo. E foi uma busca sem cessar seja pela fé ou para aprendizados misturados a relacionamentos muito ruins. Confesso e nunca neguei meu espinho que tenho que aceitar. Mas após tantas perdas,  derrotas e mil quedas, dentro de mim, eu consegui sobreviver. E nesta sobrevivência, por um tempo, com muitas dores na alma, no espírito e riscos das feridas, tinha que manter minha bolsa de estudos e tinha sonhos de ser uma Defensora Pública. Mas o caminho me tirou e me colocou com a especialidade da libertação espiritual. Acredito que foi uma pós graduação ou até uma tese de doutorado, sem querer, de fato. Eu me lembro na universidade, meus sonhos eram maiores do que minhas dores. Estas aumentaram muito, posteriormente. Em suma, resumindo a minha vida, meus caminhos começaram a ser mais felizes com meus 35/38 anos(início do blogue).
 Quando me formei, estava certa dos propósitos, mas tudo mudou e a única coisa que tinha após muito tempo era o meu aprendizado espiritual, até que em 2008, antes de começar a advogar direto, fiz este trabalho que entendo ser voluntário e que com certeza Deus quis. Ainda me lembro que quando trabalhava numa loja de Budas e produtos da Ásia, vendi uma Deusa, chamada Kuan yin(vou tentar achar e colocar aqui a foto)...e comecei a diminuir meu lado radical católico. E na hora do almoço ia correndo numa lojinha de net para ver os meus visitantes e mensagens.


Hoje, a vida fez morada de libertação diária, mas em contrapartida, meus sonhos são muito ruins, quase todo dia tenho pesadelos e são poucos os sonhos noturnos felizes. Mas como sempre digo, é melhor sofrer dormindo do que acordada. Então tenho que ser grata a Deus. Mas um sonho persiste e já posso entender o que seja: eu sonho de diversos modos que não estou formada, que não encontro as salas, nem meus professores, que perdi as aulas e está no final do período. Procuro sem cessar os professores, tento ir no departamento encontrar ajuda para encontrar as salas de aula e ou abonar as faltas; temo perder a bolsa.....e acordo com a sensação: nossa, estou formada. Acho que é minha frustração por não ter ido aonde queria. Este sonho é repetido.

Não sei o que posso mais pedir: tenho tudo que me basta. O que deveria querer nos meus 46 anos? Nossa, 46 anos! Será a primeira vez que passarei casada e longe da minha mãe.

Essa data me causa uma certa dorzinha, porque meu pai morreu com 45 anos. Ah, o meu pai: eu o amava muito! Sinto muito tudo. Mas acho que ele teria orgulho de mim. Acho sim.

Maristella.

Nenhum comentário: