❤ Jesus, Maria, eu vos amo. Salvai almas.

Tradução.

16/02/2018

Vou bater na porta até entrar!

Confesso que muito conhecimento espiritual me foi dado e muito me foi cobrado, na vida.
Perdi as contas dos rosários, das missas, das idas pela rua a procura de Deus. Perdi as contas de tudo que aprendi e o que tive que suportar.
O velho ser vive tentando.
Deus permitiu tanta provação e após meu blogue, mais provações, ainda.
Quem sou eu? Nada. Eu sou um nada que tem a brilhante sorte de ser uma vencedora no mundo espiritual da dor. Eu colhi, plantei, fiz meu trabalho que foi à guerra, incrivelmente após a outra guerra da sobrevivência. Talvez fosse para ser. Um dia me vi diante de um tribunal humano e no arco de olhos voltados para minha nada existência, percebi a força de Deus naquele lugar.
A vida é conto colhido, mas às vezes temos que semear.
Aprendi defesas, combates, pensar rápido, refletir e combinar os sinais, aprendi o que jamais poderia imaginar na vida. Sou uma menina pensante.
Sim, acredito que sou triunfante.
Meu pensamento é florido e minha sorte tem dor.
Eu vivo perdendo na vida, mas meus ganhos são superiores ao vazio.
E embora, perdida, como florbela, muitas vezes, mas cheia de pecados da carne, ainda ouso rezar numa tentativa de ser humana e esquecer a espiritualidade.
A Deus, uma canção com perdões desmedidos, sinceros. No fundo, não sou de toda ruim.
Se um dia negar minha entrada no céu,  vou bater na sua porta até entrar.

Sobre inimigo que nos rodeia, valei-nos São Miguel Arcanjo!

Fique atento ao seu dia, ao seu pensamento, o seu caminhar.
O inimigo nos rodeia como feroz, na tentativa de nos incomodar, no mais mínimo do seu plano de serpente perversa.
Todavia, somos filhos sedentos de Deus, e mesmo em nossa escuridão de pecados, temos sangue bendito de uma cruz de madeira vitoriosa. Por isso:
1) reze com terço de madeira;
2) troque seu fardo, posso ensinar;
3)água benta com sal bento e óleo ungido.
4)Lute por sua vida, pela sua dignidade, pela sua família, pela sua existência e por sua morada.
Somos filhos de Deus, de Maria, do Espírito Santo de Deus que nos fecunda numa viva união de amor.
Celestial.
Deus bendito, retira de nossas vidas, famílias, pertences todo mal, toda a inveja, toda intriga da serpente venenosa.
Saiba que a primeira coisa a atacar será a sua mente. Atente-se. Sinta, pense. Eu vivo caindo. Mas não deixo de trocar o fardo. Já perdi as contas dos rosários das almas.
.......
Troco agora meu fardo pelos milésimos de segundos das almas sem fé na terra e as que podem estar quase no inferno. Que Deus tenha piedade e que Maria suba no monte com São Miguel Arcanjo. Anjo cujas asas não quebrarão jamais.
A Deus, meu recomeço, minha existência e minha gratidão.

Amém.



05/02/2018

Como conseguir nossas respostas.


Um vento do norte me coordena.
No lapso do instante, do medo menor, as frações do segundo fazem a direção distinta.
Não levo migrações de um caminho torto. As sementes são germinadas. O solo frutifica verdades colhidas. É fértil. As colinas são planas. E, incrivelmente, meu diálogo é uma pura melodia.
Uma sinfonia, uma solução. As cores se alinham, percebo os detalhes e o sinal vem para mim.
Basta tão apenas sentir.
Tudo se perfaz em ser.

Com grata gratidão, Mari.

02/02/2018

A libertação que queremos e suplicamos!

Queremos a liberdade, a libertação mais ousada, a redenção mais sublime.
Queremos todos uma vida de paz, um comunhão natural com a verdade.
A paz abundante, a colheita mais pura, a raiz mais viva.
Todos suplicamos vida eterna.
Subir o degrau mais próximo da evolução que se aproxima.
Queremos um ninho frutificado.
A alma mais pura.
Pedimos libertação fecunda.

Amém.