❤ Jesus, Maria, eu vos amo. Salvai almas.

Tradução.

30/10/2017

Reze com um raminho!


"Deus te gerou, te regenerou, olhado e quebranto, deste mal, Deus já te curou! Se for na sua pele, na sua gordura, na sua formosura, nas tuas carnes, nos seus olhos, cabelos, no seu comer, na sua inteligência, no seu trabalho, no relacionamento, no seu bom pensamento, na sua disposição, na sua beleza, no seu bom sentido, na sua vida. Se for inveja, má vontade, que seja retirado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém e um Pai Nosso."

29/10/2017

Ajude-me, Senhor!

Eu poderia ser suave.
Mas tudo, em maioria, que faço, erro. Eu fiz deste muitos compassos e, incrivelmente, aqui, fui liberta do que mais me maltratava.
Mas como boa parte do aprendizado, ainda me vejo no erro, seja na vida, nos atos, no meu excesso de ser.
Queria poder jogar na vida e talvez ser feliz?
E poderia cantar numa boa jornada?
Atravessar oceanos e poder voar?
Sei todas as respostas e, incrivelmente, ainda, erro.
Por favor, Deus, me dê ainda novas chances de poder mudar e ser melhor.
Por outro lado, o Senhor é responsável pela minha estima, em muitos aspectos. Peço a liberdade e a tranquilidade de poder viver melhor, neste mundo.Tudo é passagem e vaidade.
Preciso me amar e se me der sonhos, ajude-me a sustentar.
Amém.

Mari.


26/10/2017

Eu tenho um lindo blogue!

Tentei mudar o blogue para o modelo antigo, mas este dinâmico é perfeito para mim.
Apenas acho que os links ao lado ficam escondidos e podem atrapalhar algumas pessoas não atentas a internet.
Mas, de fato, é o modelo de visualização mais bonito para mim.
A vida é assim. Por vezes, a obra se impõe e nada se pode fazer.
A vida tem esse dinamismo, não?
Claro que sim. Talvez isso faça sentido vivo.

Com gratidão,

Aqui estou, sem muito a pensar, nem muito mais a querer ou pedir.
Eu tenho um lindo blogue!

18/10/2017

Maravilhoso foi a resposta!

Toda vez que rezo o terço, praticamente, caio em sono imediato.
Nestes sonhos, muitos deles são com meus parentes falecidos e com meus vínculos de alma, firmados, em infância.
Embora absolutamente pecadora, o frio insiste me visitar e não posso negar, todos os sinais são vivos e fecundos. Os corações mais incríveis e mimos surreais me encantam, diariamente.
É que nem tudo se pode falar, mas existe uma fecundidade viva em mim, embora esteja no rumo de vida de mulher estéril.
E ao arrumar o blogue, hoje, senti que a palavra dada foi maravilhoso!
Quero agradecer a Glória Bendita de Deus.
Ah, sim, amanhã é dia de cura interior em botafogo com Tereza Arruda, as 14:00 horas na igreja de botafogo.

Dia 19/10 as 14:00 hs na igreja São João Batista , rua voluntários da pátria 287.

Beijos!

Mari

02/10/2017

A zona de conforto que desconfio.

Aprendi com o passar do tempo que devemos questionar a zona de conforto ou ficar perceptível aos detalhes da vida.
Tenho observado o blogue e minhas orações.
Fato que em tempos de lutas, rezo e escrevo com mais força e isso não deveria conduzir a  minha sorte, aqui.
Por outro lado, penso que estou colhendo, por vezes, o fruto da minha pequena obra, se assim posso dizer e tentando me sentir mais humana.
Eu não sei, não tenho parado.
Tenho sentido a vida passar, rapidamente, e o tempo apressado, em sua sorte.
Peço perdão a Deus e todos meus Santos se não estou dando o melhor de mim, mas suplico, todo dia, ao criador a gratidão da liberdade que sou grata. E essa gratidão é cantiga antiga, minha particularidade, onde ninguém quase usava a expressão.
Eu tenho tanto para falar e tão pouco fiz.
Por outro lado, sei, que espiritualmente, existe um segredo nosso e nem tudo pode ser dito.
Mas rezo todo dia o terço e me cruzo com 3 raminhos, nas orações que aprendi na vida, com todos os seres benditos que conheci. Não saio sem água benta, óleo ungido e o sinal da cruz e orações enraizadas na alma.
Quanto aos meus nada amigos humanos, nada posso fazer para gostarem de mim. Sei que incomodei, mas felizmente ou não, fui treinada na vida e isso faz parte da espiritualidade forte que fui submetida. É sobrevivência.


Um beijo. Mari.