"Cabeça levantada, sorriso no rosto e enfrentar a vida com todo o carinho."

"Certas memórias menos boas acabarão, com a ajuda de Deus, por se irem desvanecendo... faça por não pôr nelas o seu pensamento e começarão aos poucos a ser mais suaves.
"

29/04/2015

Amo todos!

Acho que se sou um misto de tanta coisa.
Por vezes, extremamente, extrovertida, falante.
Poucas vezes, fui contida na vida. Erro meu.
Mas nos meus desacertos, me encontro, raras vezes, sendo eu mesma.
Por vezes, frenética, tão certo.
Emotiva e sincera.
Alegre, brincalhona sem TPM.(cuido bem dela)
Ao mesmo tempo tenho as tristezas de uma alma desgastada.
Mas no fundo, sou feliz.
Sou grata por todas as pessoas que conheci.
Sou desalinhada nos compassos do meu coração torto.
Sim, é tortinho, realmente( prolapso da válvula mitral, comum de mulheres).
;-)
Tanta coisa junta: tireodite de haschimoto, tpm, excessos de hormônios, sangue de gaúcho, paterno, maragato, revolucionário por parte do meu bisavô(placa em sua homenagem, em Itaqui); bisavós maternos, libaneses, que vieram em 1914 ao Brasil e o sangue do meu pai, do Maranhão.
Pronto, mistura tudo com café, piora um pouquinho a espontaneidade!
Mas café faz bem para a tireoidite e amo!?
;-)
Enfim, nesta alusão, verdadeiramente, peço perdão pelo que deixo de ser, pelos meus desalinhos.
E sei que deveria ser melhor. Eu tento, confesso!
Beijos, amo todos. E amo em verdade, com amor.
Com gratidão, peço, novamente, perdão com mãos firmes e olhos nos olhos porque quero ser "gente" no mundo.( e não pessoa, simplesmente). Aprendi essa grata lição, com um professor.
.......................

Mari.

 ******

Nenhum comentário: