Google tradutor

17/10/2018

Arrumando os links!

Hoje mais consciente deste Bendito amor de um Deus, absolutamente, sobrenatural, que viaja no concreto do nosso ser, estou feliz por estar, aqui, mais livremente e conseguir sentir a dimensão tão especial.
Digitando na minha escrivaninha, olhando para os prédios que cercam a unidade da minha mãe, estou revivendo, descansando e podendo arrumar o blogue, com carinho merecido.
Acho que criei um local espiritual, mas não sou a dona.

Enquanto estivermos, aqui, abramos a vida, o armário.
Um beijo, Maristella.

16/10/2018

Meu recomeço!

Eu vou recomeçar um novo ciclo, mas livre ainda.
E neste meu cavalgar, silencioso e novo onde sou dona do meu tempo, tenho a certeza de que tudo  mudará para o melhor.
Tenho a plena convicção de que Deus preparou meu caminho e me deixou um pouco segura para seguir.
Tento não pensar nos momentos ruins ou falta de amor, mas nas sementes que existiram dado dia da vida. Esta exige mudança, porque tudo passa.
O silêncio faz morada no coração sincero, assim como a roda pede cantiga, a vida caminha.
Quero, sim, o Sacramento vivo, ainda que seja num instante infinito e particular, mas sincero. E quem dia, meu coração se abra para adoção de uma menininha de 4 ou 5 anos? Ainda não consigo sentir os sonhos passados.
Bom dia, dia! Um beijo, Maristella.





25/09/2018

As brisas!

São brisas leves que se fecundam através de um ventre sem cor, mas, ainda, em formação. São moradas de um tempo.Este, com uma existência. E por assim ser, circundam, por vezes, o solo infértil.  
................
E embora, minha vida imatura, minha falta de jeito, me vejo repleta de uma glória que não sei se mereço. 
........................
Quero agradecer ao Deus bondoso, criador e que permitiu que seu filho nos salvasse. Isso é a mais pura verdade da história contada. Verdade do mais incrível ser que vive e reina. Amém. Pelos séculos e séculos, sem fim.
Maristella.





27/08/2018

A contemplação.

Tenho passado dias escuros. Não são as noites como Sao Joao da Cruz ensinou, mas são dias de luta e de necessidade de espiritualidade silenciosa. Sinto, por vezes, ao meu redor. Mas de imediato rezo, jogo água benta, faço o sinal da cruz e sigo. Viver é para corajosos.
Apesar disso, tenho tantos medos da vida que se passa, dos sonhos que ficaram e que tentam, por vezes, regressar do deserto á morada desta terra. O que levaremos? Por quê  tanta provação? Não me permita ser sacodida na poeira que solapa meu tempo  Apenas peço que acenda a luz.  Um beijo. Maristella.

20/08/2018

Os corações que vejo!

Os corações que vejo, a sorte que traz a melodia mais bendita.
O sopro do hino da canção onde o vento traz o norte em sua bandeira de paz.
A clemência mais bendita de um Deus que triunfa e assim reina na vida eterna.
A solidão do plantio mais puro, a dor que vai embora e que termina uma história.
E no final dos corações benditos, as letras se misturam e neste instante vivo, quase deixo de perceber o infinito. E Deus reina sobre tudo, sobre cada piso, cada promessa erguida de um solo imperfeito.
E neste meu descompasso, quase perdido de uma legítima pecadora, toco no céu e me uno no Espírito Santo de Deus, que faz de mim o impossível.
Analisando os meus pontos, meus sentidos, meus movimentos, vi e percebi um coração bendito onde Deus está no meio e se inverter, mentalmente, os vértices se alinham ao norte. 
Sou grata, porque eu nada sou, mas o que sobra vem de Deus, mesmo.
Amém, Um beijo, Maristella.

12/08/2018

Feliz dia do PAI!

                                     ❤💙❤💙❤💙❤



  Amo no infinito vivo, celeste. Intacta perfeição do ser.
 

07/08/2018

Deus e seus mistérios!

No mundo sobrenatural que é sobreviver, ele permite que sejamos sacudidos na poeira. 
Talvez, de fato, devemos estar em lutas, sempre, para poder nos aproximar do divino. Do contrário, estamos na zona estranha de conforto. Existem poucos momentos de felicidade, na terra. Eu compreendi e aceito, até porque tudo passa e nada sou. Não levaremos absolutamente nada. 
Obrigada por tudo de ruim na minha vida e obrigada por tudo de maravilhoso de cada dia e o mistério de renascer.
Que Nossa Senhora Aparecida nos proteja.

Com amor, Maristella.

05/08/2018

Uma promessa a meu Santo de amor.

Uma promessa. Entrou com carinho na minha devoção às almas e confesso que também  não sabia da forte ligação com Maria. Desde 2011 sua presença faz morada e sempre fico feliz em sentir sua presença, assim como os mimos do Padre Pio.  Quero muito agradecer e prometo ser mais atenta. E nestes meus espinhos perdidos, somente, peço perdão. É uma grande vontade de viver e esquecer um pouco o sentido da minha existência, que acho perdida. Um beijo. Mari.

03/08/2018

No vazio latente da existência.

Eu tento pensar alguma coisa. Vou no Sagrado coração de Jesus tentar tocar a imagem na fé e tentativa de atingir o mundo espiritual.
Coloco-me a presença de todos os Santos e sei da minha condição de humana, num vazio latente da minha existência. Continuo sem sonhos, praticamente, todo dia penso na vida que se esvai, nas mãos vazias, na falta de solo fértil.
E o que me falta? Talvez falte uma fé mais forte e triunfante como Maria nos ensinou.
A vida se alinha e ainda tento crer que pode-se ainda existir algo novo. Com gratidão, Mari.

19/07/2018

Coração!

No acaso e no firmamento, na glória misericordiosa do sagrado ❤ de Jesus Cristo me vi muitas vezes.
Soube que as almas saem do purgatório por Maria ( e seguem no manto) junto com arcanjo Miguel. Descobri e não sabia que alguns Santos seguem também no manto de Maria.
Nos presentes da vida encontro meus 3 protetores juntos, num mesmo solo, numa mesma linha.
Eu sei que não é coincidência.

Um beijo. Mari.









18/07/2018

Eu sou a menina do blogue de orações! Por isso, grata!

Por vezes o silêncio faz morada. Outras, dimensões entoadas.
Diversas vezes a falta da verdade me consumia. Buscava a sorte mais completa.
Subia degraus, escadas e ladeiras à  procura da paz.                                                    Essa vem da piedade ou misericórdia divina. Aprendi cada lição e agradeço. Essa palavra é minha. Eu sou a menina do blogue de orações e sou a dona legítima da palavra gratidão. Assim, a gratidão é minha desde 2008. Tomo posse ousada diante de qualquer moda. Tomo posse da nova vida, da mulher que posso ser ou sonhar. Ainda tenho sonhos. Muito obrigada.💙
Ao meu anjo da guarda, azulado, meu amor. A Deus bendito perdão. À Maria, redenção. Aos protetores minha fé.
Às chagas proteção. Ao Espírito Santo a consolação. Aos meus antepassados, meu terço.
Jesus, Maria eu vos amo. Salvai almas.


Maristella.

01/07/2018

Sobre a porta da igreja e ao Sagrado Coração, minha gratidão.

Faz tempo lembrei que esqueci de ensinar acerca da porta da igreja.
Ainda não me lembro quem me ensinou, mas quando passar por uma igreja, bata ou coloque as mãos na porta ou encoste seu rosto fazendo os pedidos. Assim faço, por vezes, na de São José e da Nossa Senhora do bom parto, no centro. A igreja mais forte dos pedidos é de São Benedito, no centro. 
No mais íntimo, confesso, que embora esteja passando para frente, nestes tempos, algumas coisas que aprendi e não coloquei, estou querendo esquecer um pouco este lado e viver mais minha vida.
Todo dia penso que a vida é passageira e isso me deixa com certa angústia, mas já confessei a Deus. Ao Sagrado Coração, minha gratidão.
 Um beijo, Mari

26/06/2018

Talvez uma brisa, um vento leve e bom.



Existiu um morada livre, um porto vivo, uma ordem natural.
De tudo enfim, um dia, o vento leva e tenta.
Eu nunca serei dona da minha história e, por isso, estou sempre atenta a qualquer detalhe.
Mas hoje me uno ao Sagrado Coração de Jesus, pedindo como sopra no meu ouvido: uma súplica ardente em nome dos Anjos. Talvez uma brisa, um vento leve e bom. 
Ainda não estou numa sintonia perfeita, porque absurdamente incompleta e imperfeita na minha humanidade desumana.

Com gratidão, ao Senhor, meu mistério. Amém. Mari

22/05/2018

Salve!

Clamo a Deus do trono, que no sonho ousei ver, o pedido mais puro e vivo da minha estação.
Clamo junto meu Santo Anjo na sinfonia da batida do seu violão.
Embora sejam ainda adormecidos, vivemos em outra dimensão.
Ao Criador bendito, um salve! Uma Salve Rainha à mãe de Jesus.
Salve a redenção.
Um amém sublime, uma colina perdida, uma perfeição acolhida, sonhos que retornam e caminham. Circulam, brevemente, numa estação.
Sim, quero esquecer o tempo ruim e sublimar no mais vivo amor desta morada.
Amém.

13/03/2018

A água benta!

Água benta: cura, salva, santifica, suaviza e liberta.
Use todo dia, faça o sinal da cruz antes de sair usando a água benta. Abra as janelas e tenha um borrifador para abençoar quem esteja fora de casa ou distante. Creia! E peça o que for sincero e bom. Jogue água benta no seu escritório, nos cantinhos da casa e sobre objetos antigos.
Faça comida com água benta, beba diariamente( do padre marcelo) e passe as roupas com a aguinha. Perceberá a força deste mimo de Deus. ❤😚
Ah sim! Esqueci. Devemos fazer 3 x o sinal da cruz. Logo nos cantinhos de casa cômodo, reflita no poder da Trindade templo.
Seja criativo. É a sua fé e liberdade.

Beijos. Maristella.

12/03/2018

O casamento verdadeiro e o elo de almas.

O elo entre almas é algo extremamente difícil de acontecer.

Como são os amantes, em comunhão, que se casam, perante Deus, aqueles precisam estar numa ligação extrema, divinal. Neste sentido posso afirmar que existem poucos casamentos celebrados no céu das estrelas, porque muito é a vaidade. Cada minuto sem tocar o coração de Deus, pensando em detalhes materiais, perde-se a graça. E não acontece no mundo espiritual o casamento.

Quantos pensam que são casados e não o são e ou nunca foram.

Cada minuto pensando em algo material, perde-se o sacramento, que não é fácil ter.

Acredito que qualquer pessoa, pela fé, pode ir numa igreja e pedir sozinha a Deus os sacramentos. Tenho fé ousada para crer que inexiste fórmula real para tocar no coração de Deus, que é uma graça.

Acredito que se você amar mesmo uma pessoa, pode ir sozinho à igreja ou pedir a um Padre uma benção especial. E neste mistério vivo, quase solene de tão intacto, as almas podem conjugar num belo poema de união espiritual. Mas lembre-se é um momento único, onde as almas devem fundir-se num todo e talvez o céu brilhe, a lua fortaleça, a sorte reine nos passos de nós, que somos terrenos.

Amém.

Com pura gratidão, confesso a Deus, todo poderoso meus erros e tentativas boas.


Mari.

11/03/2018

O que liberta é a misericórdia.

Sim. O que liberta é a misericórdia de Deus. E esta você encontra em qualquer lugar, igreja ou templo, desde que do bem. Esta verdade demorei a encontrar na vida.
 Deus quer, sim, nos ver livres, embora não no nosso tempo. Nem todos os problemas serão resolvidos numa fé e este é um mistério, mas que talvez tenha embalo na união humana.
..........
Ando pensando sobre a vida, quase que, diariamente. Sinto os dias, os momentos. Tudo é vaidade e tenho medo de não realizar o que ainda posso dizer ser sonho. E que confesso, estou tentando fazê-los renascer.
................
E aprendi que o impossível é real e que tudo depende da fé. Esta tem uma função primeira de se bastar, de dar vida à vida. Então resolvi compartilhar, de agora em diante, outros aprendizados espirituais. Um beijo, começo amanhã!
Começarei pelo sacramento do casamento.

Um beijo, Mari.

16/02/2018

Vou bater na porta até entrar!

Confesso que muito conhecimento espiritual me foi dado e muito me foi cobrado, na vida.
Perdi as contas dos rosários, das missas, das idas pela rua a procura de Deus. Perdi as contas de tudo que aprendi e o que tive que suportar.
O velho ser vive tentando.
Deus permitiu tanta provação e após meu blogue, mais provações, ainda.
Quem sou eu? Nada. Eu sou um nada que tem a brilhante sorte de ser uma vencedora no mundo espiritual da dor. Eu colhi, plantei, fiz meu trabalho que foi à guerra, incrivelmente após a outra guerra da sobrevivência. Talvez fosse para ser. Um dia me vi diante de um tribunal humano e no arco de olhos voltados para minha nada existência, percebi a força de Deus naquele lugar.
A vida é conto colhido, mas às vezes temos que semear.
Aprendi defesas, combates, pensar rápido, refletir e combinar os sinais, aprendi o que jamais poderia imaginar na vida. Sou uma menina pensante.
Sim, acredito que sou triunfante.
Meu pensamento é florido e minha sorte tem dor.
Eu vivo perdendo na vida, mas meus ganhos são superiores ao vazio.
E embora, perdida, como florbela, muitas vezes, mas cheia de pecados da carne, ainda ouso rezar numa tentativa de ser humana e esquecer a espiritualidade.
A Deus, uma canção com perdões desmedidos, sinceros. No fundo, não sou de toda ruim.
Se um dia negar minha entrada no céu,  vou bater na sua porta até entrar.

Sobre inimigo que nos rodeia, valei-nos São Miguel Arcanjo!

Fique atento ao seu dia, ao seu pensamento, o seu caminhar.
O inimigo nos rodeia como feroz, na tentativa de nos incomodar, no mais mínimo do seu plano de serpente perversa.
Todavia, somos filhos sedentos de Deus, e mesmo em nossa escuridão de pecados, temos sangue bendito de uma cruz de madeira vitoriosa. Por isso:
1) reze com terço de madeira;
2) troque seu fardo, posso ensinar;
3)água benta com sal bento e óleo ungido.
4)Lute por sua vida, pela sua dignidade, pela sua família, pela sua existência e por sua morada.
Somos filhos de Deus, de Maria, do Espírito Santo de Deus que nos fecunda numa viva união de amor.
Celestial.
Deus bendito, retira de nossas vidas, famílias, pertences todo mal, toda a inveja, toda intriga da serpente venenosa.
Saiba que a primeira coisa a atacar será a sua mente. Atente-se. Sinta, pense. Eu vivo caindo. Mas não deixo de trocar o fardo. Já perdi as contas dos rosários das almas.
.......
Troco agora meu fardo pelos milésimos de segundos das almas sem fé na terra e as que podem estar quase no inferno. Que Deus tenha piedade e que Maria suba no monte com São Miguel Arcanjo. Anjo cujas asas não quebrarão jamais.
A Deus, meu recomeço, minha existência e minha gratidão.

Amém.



05/02/2018

Como conseguir nossas respostas.


Um vento do norte me coordena.
No lapso do instante, do medo menor, as frações do segundo fazem a direção distinta.
Não levo migrações de um caminho torto. As sementes são germinadas. O solo frutifica verdades colhidas. É fértil. As colinas são planas. E, incrivelmente, meu diálogo é uma pura melodia.
Uma sinfonia, uma solução. As cores se alinham, percebo os detalhes e o sinal vem para mim.
Basta tão apenas sentir.
Tudo se perfaz em ser.

Com grata gratidão, Mari.