❤ Jesus, Maria, eu vos amo. Salvai almas.

Tradução.

22/09/2019

Refazendo meu post.


Acabei de sonhar que era para retirar as fotos das pessoas falecidas, e que em vez da foto, colocasse um coração...como não nego minha espiritualidade, mudo.

Tenho um lado meu mais doce, outro mais livre, outro muito duro.
Tive tentativas boas na vida, no meu trabalho, para a construção de algo bom, tive prêmios, fiz monografias de alguns temas.

Por vezes, na minha vida tentei fugir.
Nossa Senhora de Guadalupe escolheu meu trabalho, e me deu o nome da virtude por uma amiga, em 2008.

Fui, sou meio cinderela.

Ganhei prêmios pelo meu blogue, dos amigos de Portugal, em maioria.
Tive uma boneca de papel numa época que sonhava todo dia ter a Sara.
Um rostinho lindo apareceu no meu café com leite.

  Tive momentos muito felizes com minhas amigas!
Recomecei na carreira com 35 anos. Hoje tenho 46.
Tive um dia uma capelinha de barro que comprei.
Tenho uma caixa de Maria onde coloco terços, orações e pedidos.
O que mais tive na vida foram terços. O mais forte é em madeira, porque Jesus ali morreu.
 
Quando menina, era loirinha.


Vendi uma deusa da Ásia, numa loja de budas, em 2008, antes de recomeçar na carreira, Kuan Yin. Foi bom porque deixei de ser muito radical nas fés.

Fui na JMJ e vi o Papa de pertinho. 

Imagens apareceram em falhas de impressões e xerox nas épocas que tive grandes lutas do blogue. Uma delas acima das mensagens dos visitantes e seus pedidos. 

 Um dia fui numa Igreja e vi os meus protetores num mesmo dia e local!


 Tive paralisia de bell e voltei a sorrir.

Tive protetores na terra, Padre Nelson, Dona Rosa, minha rezadeira. Um dia a vi colhendo ervas e flores num jardim  no céu.

Meu avó Djalma era gaúcho e minha avó, Sophia, materna libanesa e me ensinou a amar Millet e a hora da Ave Maria.  

Meu professor de Direito Administrativo, Mauro Dias, tinha sempre um sorriso e uma palavra de amizade para os meus estudos e amava meu nome.
No meu batismo, minha avó paterna, Yolanda, estava presente, com meus pais.
Eu e minhas irmãs tivemos uma linda saia de retalhos.

Obrigada Deus e desculpe minhas falhas.

Nenhum comentário: