Google tradutor

19/12/2017

Nesta sublime redenção que é viver!


No mais profundo do meu ser invoco a força de Nossa Senhora, dos meus Santos benditos, que me protegem desde menina. Invoco a força da trindade, templo.
Peço a liberdade, a paz, o sopro, a cantiga mais pura.
E peço, sim, à todas as almas que saíram do purgatório pelas sinceras contas dos rosários ou trocas dos fardos.
Peço a libertação do povo cativo, prisioneiro de si.
Venho com a força bendita de Deus pedir a proteção, o mimo, a cantiga. O sonho.
Dá liberdade, senhor, a todos os sofridos, doentes, sofredores nos hospitais, cativos no espírito, aos necessitados de luz espiritual, ainda em evolução.
Libertai as almas doentes e aflitas pelo manto de Vossa mãe, Nossa Senhora de Deus!
Por tudo e por todos, peço a paz, aquela que é abundante e prolonga nossa lua.
Neste mundo, nesta terra, neste vale, nesta sublime redenção que é viver.

Mari!