08/12/2017

Imaculada Conceição!



Neste dia a sublime canção mais pura para uma alma perdida.
A necessidade desmedida do colo de mãe! 
Estou tentando sobreviver neste vento, tentando ainda ou algo bem parecido, esquecendo de que nada sou e que meus sonhos fecharam.
Diga-me qual sonho posso ter? 
Sem sonhos. 
Estou tentando cumprir regras básicas de sobrevivência.
Perdi esperança da justiça boa, perdi ideais, metas e zero de possibilidade de uma mudança e crescimento na minha profissão, mas sou grata. O que posso pedir? Diga para mim?
Para onde posso ir?
Ando perto de pessoas distantes, que fingem ser boas e com portas, absolutamente, cerradas para a verdade da vida e que mentem para si mesmas, crendo nas mentiras como verdades.
Acho que estava completamente perdida nas minhas boas crenças dos corações que conheci.
Que o manto de Maria nos proteja.
...................
A roda que gira, o vento que traz a lembrança do infinito.

Mari