22/06/2016

Oração.




Pedidos de liberdade gritam em almas.
Sedentos de justiça proclamam um milagre.
Que seja o que permite a vida florir.
Aqui, nesta morada, pedimos:

A Deus Pai. Deus Filho. Deus Espírito Santo.
Clamamos a força, a paz, a misericórdia, as virtudes.
Pedimos perdão que salva, que liberta.
E com ousadia, queremos, sim, a libertação espiritual de toda alma, espírito, quebra de jugos, de pragas, bruxarias, feitiços escondidos, nos lagos, nas terras, nos montes, nos bichos, comidas, nas colinas. Que sejam quebrados padrões de vidas, ruins e que, porventura, herdamos.
Queremos a liberdade ousada para sonhos vivos.
Pedimos a proteção de todos os Santos, em especial, peço a São Jorge, São Bento, Benedito, Padre Pio, Consolata, Santa Maria Egípcia, Santo Expedito, Santo Antão. Padres Nelson, Guido, Nhá Chica, Anastácia. 
Pedimos a todos os Anjos do bem, guardiões do universo, nossos mestres, em suas fortalezas de espíritos.
Pedimos aos nossos antepassados, guardiões das árvores da família.
Clamamos a paz, aquela viva e fecunda, sem correntes, sem lodo, sem prisão.
Seja em nome de todos os Santos, de Nossa Senhora, das chagas, do manto de Maria, das lagrimas de sangue, das 9 estações, em nome do calvário, da força do Rosário, do terço de madeira, que todo mal seja, agora,neste momento, desfeito, porque somos vossos filhos. Somos filhos de Deus, que viva e reina e tão somente como filhos podemos clamar, pedir, mas que seja feita a Vossa vontade neste mundo passageiro. Amém.