02/11/2013

Troque o fardo!

Sim, troco o fardo pelos milésimos de segundos das omissões, dos pedidos e das noites escuras.
Pela perda do bebê, troco o fardo e ofereço às almas que impediram as vidas de virem à terra.
Troco o fardo das palavras duras, dos olhares altivos em favor daqueles que ocupam o último degrau no purgatório na escala evolutiva.
Troco o fardo por todos que podendo ser justos, oprimiram pessoas em vida e estão presos na espiritualidade.
Sim, troco o fardo pelos falecidos da minha família, até a enésima geração.
Troco os meus pecados pela libertação das almas do purgatório e que seja feita a vontade divina.
Ofereço à Deus o perdão por minha vaidade.
Todo o sofrimento que tiver, troque o fardo!

Com gratidão,

Mari.