28/09/2012

Queria cortar as arestas que separam o amor do amar.

Queria poder dizer eu te amo.
Contar as estrelas da vida.
As da ourora.
E pular no vértice do seu pensamento e fazer uma festa!
Queria cortar as arestas que separam o amor do amar.
E viver a vida.
Sem medidas.
Por ora, Senhor!

Maristella ou Mari....


Nenhum comentário: