12/08/2012

Valei-me....sempre, hodie!

Tão de repente a vida muda..
E em um tempo pequeno, mínimo.
Alinhado.
Sim.
Deus soprou a canção do seu oceano finito.
Meus hinos foram ouvidos por Santa Luzia.
São Longuinho fez luz.
Hoje, já estou diferente.
Já não sou a mesma de antes.
Meu sonho está acontecendo.
O medo tenta.
Você consegue sentir minha alegria?
Hoje, a vida está dentro de mim.


Com gratidão.

Mari.


Nenhum comentário: