22/08/2012

Este é o alimento da minha alma, a sede do deserto!

Salve sempre.
Com a Virgem Maria.
Espadas do valente embalam a vida.
Senhor que vence e elimina demandas.
Que retira espinhos da sorte.
Em sereno combate protege seus filhos.
São os filhos de São Jorge.
Com espada na mão, ajuda-nos ao bom caminho.
Abre nossas veredas.
Ilumina as trevas.
E dá guarida a luz.
Verdades tornam-se firmamentos.
E cantigas vêm.
Senhor do firmamento.
Da força...
Não que esperasse uma vida morna.
.....
Não tenho nenhuma pretensão maior do que usar do bom bastão.
O que conquistei com mãos de vida e morte se perfaz em ser justa.
Este é o alimento da minha alma, a sede do deserto.
O correto, o justo e o digno, Senhor.
A justiça.
Amém.

Nenhum comentário: