25/05/2012

Nas asas do vento eu vôo e sigo!

Eu sinto a ventania na águia que conduz meus vôos.
Sob ventos puros.
E tempestades frias.
Acabei guardiã de sonhos.
Quem entenderá vossos desígnios?
Apenas sinto.
O que poderia fazer de melhor, eu já fiz.
Nas asas do vento eu vôo e sigo!
Amém.



Nenhum comentário: