"Cabeça levantada, sorriso no rosto e enfrentar a vida com todo o carinho."

"Certas memórias menos boas acabarão, com a ajuda de Deus, por se irem desvanecendo... faça por não pôr nelas o seu pensamento e começarão aos poucos a ser mais suaves.
"

25/10/2008

Meu pensamento voa no silêncio!


No silêncio da noite, talvez seja hora do meu coração cantar.
Cantar ao vento o silêncio de um tempo que já se foi.
Não é miragem, nem tão pouco ilusão.
Uma luz branca me guiou ao seu coração.
Desde então, não fui mais a mesma.
Não sou miragem, nem canção.

Amém sempre na minha eterna e infinita gratidão.

Mari.

5 comentários:

Multiolhares disse...

Quando nos redescobrimos,
a alma canta a sinfonia das esferas
beijinhos

Maria João disse...

Muito bonito!

beijos em Cristo e Maria

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, Mari!
Faça-me uma visita, estou com saudades.
Um beijo,
Renata

Kenosis disse...

Oi querida! Saudades!...Lindo, lindo! Que bela a sinfonia das suas palavras que cantam no silêncio a transformação da alma e ecoam a luz no infinito da gratidão!!!Muito tocante e belo! Mais saudades e mil bjos!

Maria Pires disse...

Mari qerida quanto gosto de suas palavras sempre me sinto tão feliz quando passo aqui voce e simplesmente maravilhosa.Obrigada meu Deus por a ter como Amiga.Beijo e xi coração.